Rumor: ‘Star Wars: The Acolyte’ Transformará a Força em uma entidade feminina

Compartilhe:

Polêmica no Universo Star Wars

Um novo rumor afirma que a série “Star Wars: The Acolyte”, dirigida por Leslye Headland, mudará a natureza da Força, transformando-a em uma entidade feminina. A notícia está gerando grande repercussão entre os fãs da franquia.

A Origem do Rumor

A origem desse rumor é atribuída ao scooper WDW Pro, que detalhou em um vídeo recente: “De acordo com uma fonte minha, Lorn, Kathleen Kennedy e Leslye Headland vão fazer algo em The Acolyte que vai acabar com os fãs restantes que eles têm. E isso é transformar a Força em literalmente feminina, com gênero feminino.”

Reações da Crítica e dos Fãs

Alan Ng, escritor do Film Threat, fez comentários semelhantes, afirmando no X (antigo Twitter): “O terceiro episódio de The Acolyte vai finalmente matar Star Wars para a maioria dos fãs pré-Disney.” Ng, que assistiu aos quatro primeiros episódios da série, confirmou o rumor de que a Força será feminina, dizendo: “A Força é feminina. A Força é legitimamente feminina.”

Impacto na Trama

Ng explicou que o que acontece no terceiro episódio “muda fundamentalmente o futuro de Star Wars”. Ele acredita que, embora não negue os filmes originais e prequels, os fãs ficarão insatisfeitos com a direção tomada pela Disney. “Não reconheço mais esse mundo”, afirmou Ng, destacando que o novo enfoque na Força altera a essência da franquia.

Declarações de Amandla Stenberg

A atriz Amandla Stenberg, que interpreta Mae em “The Acolyte”, revelou à Empire que a série exploraria a Força de maneiras inéditas. “Eu entendi que era uma exploração das partes claras e escuras de nós mesmos, e as regras na galáxia sobre como a Força pode ser usada”, disse Stenberg.

Reações dos Fãs e da Crítica

O rumor gerou uma forte reação entre os fãs, com muitos comparando a possível mudança ao backlash que “The Last Jedi” enfrentou. Um fã comentou: “Para nós, fãs de Star Wars pré-Disney, não sei como poderíamos aceitar isso como Star Wars e seguir em frente.”

Comentários de George Lucas

Em meio a esses rumores, George Lucas, criador de Star Wars, criticou a liderança atual da Lucasfilm durante o Festival de Cannes, afirmando que eles não compreendem a essência da Força. “Eu era o único que realmente sabia o que era Star Wars… A Força, por exemplo, ninguém entendeu a Força”, disse Lucas.

Declarações de Kathleen Kennedy e Leslye Headland

Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm, e Leslye Headland, showrunner de “The Acolyte”, responderam às críticas afirmando que quem se opõe à cultura woke não é fã de Star Wars. “Se você se envolve em discurso de ódio, racismo ou bigotry… Eu não considero você um fã”, declarou Headland.

Conclusão

A transformação da Força em uma entidade feminina em “The Acolyte” pode marcar uma mudança significativa na franquia Star Wars, gerando discussões acaloradas entre os fãs. Se esse rumor se confirmar, resta saber como a comunidade de fãs reagirá a essa nova direção.

Publicidade
Publicidade